Cobertura metálica: solução estanque para galpões industriais


As coberturas metálicas se destacam pela alta resistência e baixo peso. Telhas metálicas devem ser especificadas em função de fatores como tamanho do vão a ser vencido, grau de inclinação, durabilidade e desempenho termoacústico exigido. O sistema deve ser dimensionado de modo a garantir a estanqueidade da edificação e proteger usuários e bens. A escolha deve ser considerada por um projeto de cobertura que considere, além do papel estético, o desempenho desejado. O estudo deve analisar, por exemplo, as dimensões, o espaçamento entre as terças e a especificação de materiais termo isolantes. Quanto maior for o espaçamento entre as terças, maior deverá ser a altura das telhas e/ou maior deverá ser a espessura das chapas para resistir aos carregamentos impostos à cobertura. A inclinação do telhado também tem impacto sobre o tipo de cobertura adotada. Para as telhas com comprimento de água inferior a 12 m e sem sobreposição, recomenda-se 5% de inclinação para escoamento da água pluvial. Além da inclinação mínima da cobertura e do espaçamento entre as estruturas secundárias, o projeto deve considerar a necessidade de juntas de dilatação na cobertura para grandes panos e prever detalhamento adequado das fixações e sistemas de acabamentos,chave para minimizar a incidência de patologias nas edificações. Esses problemas podem ser contornados, por exemplo, com o uso de telhas sanduíche, compostas por duas chapas de aço recheadas por material isolante, como lãs minerais.

#Coberturametálica #Engenhariacivil #construçãocivil

Posts em destaque
Posts recentes
Arquivo
Procurar por tags