NBR 15575: 7 requisitos do usuário quanto à habitabilidade


A NBR 15575 é uma norma que trata do desempenho de edificações habitacionais e apresenta características indispensáveis em uma obra para o consumidor.

Como a norma aborda o desempenho da edificação para o usuário, tratar das exigências dessa parte interessada é fundamental.

As exigências de habitabilidade são responsáveis por manter a satisfação do cliente durante a utilização do imóvel.
1. Estanqueidade da água

A NBR 15575 estabelece critérios de estanqueidade nas seguintes áreas da edificação:

  • Fachadas;

  • Pisos de locais molhados;

  • Coberturas;

  • Instalações hidrossanitárias;

  • Demais elementos da obra que possam estar sujeitos ao uso de água.

As regiões citadas correspondem a lugares molhados, resultando em lâminas d’água durante a utilização; e molháveis, que apenas recebem respingos d’água.

2. Desempenho térmico

O desempenho térmico é um fator que influencia no conforto do usuário, e consequentemente, no seu consumo de energia elétrica.

Para conseguir um desempenho térmico favorável ao usuário, é preciso levar em conta fatores dos usuários e do próprio imóvel, tais como:

  • Número de pessoas;

  • Faixa etária;

  • Condições fisiológicas e psicológicas;

  • Quantidade de mobília;

  • Finalidade do imóvel;

  • Atividades exercidas em seu interior.

Através desse tipo de análise, as características do local da obra e da própria edificação podem ser trabalhadas na definição de fatores como:

  • Topografia;

  • Temperatura e umidade do ar;

  • Direção e velocidade do evento;

  • Materiais utilizados na obra;

  • Número de pavimentos;

  • Dimensões;

  • Pé-direito;

  • Orientação das fachadas.

3. Desempenho acústico

Para cumprir essa exigência, é preciso evitar os ruídos gerados por fatores externos e que possam influenciar o ambiente interno, como:

  • Barulho feito pela circulação de veículos;

  • Ruídos provenientes de atividades nas áreas comuns do edifício;

  • Música alta;

  • Ruídos sonoros provenientes dos vizinhos;

  • Estabelecimentos na vizinhança.

4. Desempenho lumínico

A NBR 15575 estipula os níveis requeridos para iluminações naturais e artificiais. Assim, englobando as exigências de outra norma – a NBR 5413 -, que foca em iluminações artificiais.

5. Saúde, higiene e qualidade do ar

A construção habitacional, de acordo com a NBR 15575, deve ter níveis aceitáveis de materiais particulados em suspensão, microrganismos, bactérias e gases tóxicos.

No uso da norma, devem ser atendidas as regulamentações da Anvisa, Códigos Sanitários e as demais legislações em vigor.

6. Funcionalidade e acessibilidade

A funcionalidade e acessibilidade da edificação trata dos espaços necessários para uma boa experiência do usuário.

Além dos espaços dos cômodos, também podemos citar fatores como o pé-direito mínimo, que diz respeito à distância entre a superfície do um piso e a do próximo piso; cores; conceitos; entre outros que influenciam a vivência no local.

Por mais que essa seja uma questão de desempenho de edificações habitacionais prevista na NBR 15575, seus principais parâmetros e requisitos estão previstos na NBR 9050, que trata especificamente sobre o assunto.

7. Conforto tátil e antropodinâmico

Para o conforto tátil, são estabelecidos critérios de desempenho sobre a forma e limites de força necessários para acionamento de trincos, torneiras e outros dispositivos. Esses requisitos levam em conta princípios de ergonomia, como a estatura média das pessoas e a força física passível de ser aplicada por adultos e crianças.

Com os critérios de habitabilidade mencionados ao longo do artigo, fica clara a importância da NBR 15575 para que as construtoras atendam às principais exigências dos usuários.

Sendo assim, esses requisitos na construção civil se mostram não apenas importantes para manter a qualidade das construções, mas também para valorizar cada vez mais os proprietários e a sociedade.

#NBR15575 #construçãocivil #NormasTécnicas

Posts em destaque
Posts recentes
Arquivo
Procurar por tags