5 erros no Gerenciamento de obras


Realizar um gerenciamento de obras eficaz é tarefa importante para cumprir o cronograma e garantir qualidade na entrega do seu trabalho.

Para que o profissional esteja atento a todos os detalhes e saiba identificar os problemas que podem surgir ao longo da execução do projeto, listamos 5 erros comuns que devem ser evitados no gerenciamento de obras. 1 - Custos diretos e Indiretos:

Não considerar os custos diretos e indiretos na construção da edificação. 2 - Falta de planejamento estratégico no gerenciamento de obras A equipe inteira deve estar ciente das expectativas da obra e produzir com um objetivo em comum.

Realizar um bom planejamento pode ajudar no controle dos insumos, desempenho dos serviços e na avaliação criteriosa da necessidade de gastos extras.

3 - Não antever os custos Além de uma obra bem projetada e eficiente, espera-se que ela seja econômica. Mas isso não significa adquirir insumos de qualidade inferior. A economia deve ser fruto de um controle bem elaborado dos custos.

4 - Falhas na comunicação

Ruídos não só atrapalham a comunicação, como são capazes de criar grandes problemas durante a execução da obra. Todos devem falar a mesma língua, estar cientes das pretensões do projeto.

5 - Descuidos com o cronograma Imprevistos acontecem, mas isso não quer dizer que eles não possam ser evitados, ou pelo menos, reduzidos. Além de um planejamento estratégico minucioso, faz-se necessário ser transparente acerca das movimentações que ocorrem no gerenciamento de obras. Se algum dos processos se atrasar ao longo do caminho, você deve explicar para o cliente o porquê isso aconteceu, estabelecendo uma relação de confiança e demonstrando maturidade profissional.

#Gerenciamentodeobras #ConstruçãoCivil

Posts em destaque
Posts recentes